Arquivo | Vetados RSS feed for this section

Vetados – O sexo frágil

6 maio

Um grupo de homens ofendidos fez uma reclamação ao Conar: os novos comerciais da Bombril estão estimulando a descriminação.

Nos filmes, a atriz Marisa Orth, a apresentadora Dani Calabresa e a jornalista (?) Monica Iozzi falam dos homens e chegam a compará-los a cachorros.

O novo sexo frágil pediu a suspensão da campanha. O pedido foi arquivado pelo conselho do órgão.

A criação foi da DPZ, que reposicionou a marca com a nova mulher brasileira, que não apenas limpa a casa e cuida dos filhos como antes era abordado nos comerciais da Bombril.

Anúncios

Vetados – Perturbadora de criancinhas

18 nov

A cantora Beyoncé lançou o novo perfume, Heat, com um comercial bastante provocador, quente, suado.

E por considerar muito sexy para crianças, o órgão regulamentador de propaganda da Grã Betanha, Advertising Standards Agency (ASA), proibiu a veiculação do filme durante o dia. A propaganda só poderá ser exibida à partir das 19h30.

Se você tem mais de 18 anos, assista à peça agora. Se não, espere chegar às 19h30.

Vetados – Estupra, mas não mata

22 out

A instituição responsável pela regulamentação da propaganda da Austrália baniu um anúncio da Calvin Klein.

A peça insinua o ato sexual entre a modelo holandesa Lara Stone com três homens, e foi considerada “humilhante para as mulheres, por sugerir que elas são um brinquedo dos homens”, e que “sugere violência e estupro”.

Eu acho cômico (para não achar triste) que a maioria das peças de publicidade de grifes importantes são sem pé nem cabeça e sempre têm uma pessoa seminua com outras admirando. O apelo sexual (selvagem) é muito grande.

Veja o blog DR – Discutindo a Redação Publicitária

Propagandas Bizarras + Polêmicas + Propagandas Sustentáveis

5 out

Essa talvez seja a propaganda mais bizarra que eu já assisti.

Chamado “No Pressure”, o vídeo causou polêmica depois de mostrar pessoas sendo explodidas. Isso mesmo que você leu. PESSOAS SENDO EXPLODIDAS.

O objetivo do filme era estimular empresas, organizações e instituições de ensino a incentivar a redução da emissão de dióxido de carbono em 10%. No filme, as pessoas que se recusam são simplesmente estouradas.

O mais bizarro é como as outras pessoas ficam sujas de sangue. Até crianças são detonadas. Ainda mais louco é o pedido de desculpas da diretora Eugenie Harvey, que diz que queriam fazer um vídeo engraçado.

Confira o filme.

Não recomendado para menores de 30 anos, idosos, mulheres grávidas, pós traumáticos

 

Conheça o Blog DR – Discutindo a Redação Publicitária

Vetados – Nissan X Concorrentes

4 out

A Lew’Lara\TBWA criou para Nissan um filme que provoca diretamente  os correntes Fiat, Honda e General Motors.

Mas o Conar entrou em cena e suspendeu a veiculação da propaganda após receber uma denúncia da GM no último dia 28.

Os veículos devem suspender o filme, inicialmente, por 40 dias, até que aconteça a votação do processo.

A agência já havia preparado um filme “Plano B”, pois esperava que isso fosse acontecer.

Conheça o Blog DR – Discutindo a Redação Publicitária

Vetados – Papai Mamãe, Não? Ou Sim?

28 set

No Dia dos Namorados de 2008 a DM9DDB criou para a C&A um filme chamado Papai Mamãe, Não!.

Acontece que o Conar suspendeu a campanha, por considerá-la abusiva e por estimular o comportamento sexual irresponsável do jovem. Os valores familiares também foram contestados pelo Órgão.

A C&A retirou todas as peças das mídias por causa da repercussão. Já a DM9DDB afirmou que a campanha não era ofensiva.

O único argumento que a C&A teve foi o fato de terem feito pesquisas junto ao consumidor, que teria demonstrado desejo de inovação e de fuga da rotina na época do Dia dos Namorados.

Polêmicas – Falso Dentista do TSE

1 set

O Tribunal Superior Eleitoral veiculou na TV um filme comercial, criado pela agência Fields, que causou polêmica. A peça também tem versão para rádio.

O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) considerou a propaganda inadequada e ofensiva.

Um dos 26 filmes da campanha de conscientização do voto, do TSE, mostra um cirurgião-dentista pronto para tratar de uma mulher, quando sua foto aparece no jornal por falsidade ideológica.

O CROSP, que representa 75 mil profissionais em São Paulo, disse que o exemplo escolhido para alertar a população pode prejudicar a educação no que diz respeito aos cuidados com a saúde bucal, podendo causar medo nas pessoas a procurar um profissional odontológico.

A pedido do Conselho, o TSE retirou a peça do ar.

f

%d blogueiros gostam disto: